Apneia ou Freedive: você sabe o que é?

Apneia ou Freedive: você sabe o que é?

Mergulhe apenas com o ar de seus pulmões

Diferentemente do mergulho autônomo, em que o mergulhador utiliza um equipamento que permite respirar de forma autônoma, o mergulho em apneia (ou freedive) acontece somente com o ar dos pulmões.

Esse é o mergulho que fazemos todas as vezes que nadamos e prendemos a respiração debaixo da água. Contudo, essa prática também é reconhecida como um esporte altamente técnico, com várias modalidades e recordes de tempo de submersão.

O que é o mergulho em apneia ou freedive?

Sempre que fazemos um mergulho livre, ou seja, sem o uso de equipamentos de respiração, estamos realizando o mergulho em apneia. Se você já nadou alguma vez na vida, provavelmente já teve essa experiência!

O mergulho em apneia nada mais é que mergulhar com o ar dos pulmões. Mas não se limita aos mergulhos que realizamos em uma piscina, prendendo a respiração. Isso porque o mergulho em apneia é também um esporte que tem adeptos no mundo todo.

Alguns recordistas mundiais, como a brasileira Carol Schrappe, já conseguiram descer mais de 100 metros abaixo da superfície da água. No video a seguir, podemos ver um pouco sobre seus feitos e história, em uma matéria muito legal do Esporte Espetacular:

https://globoplay.globo.com/v/6512183/

Também tem mais informações sobre a Carol no site oficial dela:

As principais modalidades do mergulho em apneia são:

Apneia estática
Nessa prática esportiva, o mergulhador deve se manter debaixo da água o maior tempo possível em uma única posição escolhida por ele ou pelas regras da competição. Tudo sem a ajuda de aparelhos, claro.

Apneia dinâmica
Nessa modalidade, os atletas devem percorrer a maior distância possível estando submersos. Ela ainda se divide em competições com ou sem o uso de nadadeiras.

Apneia sprint 25-50m
Nessa competição, o mergulhador precisa percorrer 25 ou 50 metros submerso, mantendo o fôlego e sendo o mais veloz possível, pois a vitória vai justamente para o mais rápido.

Lastro constante
Essa é uma prática mais comum no mar e em lagos, em que o praticante utiliza um cinto de lastro que impede que ele suba e colabora para a submersão mais funda possível, sem a ajuda de um cabo-guia.

Imersão livre
Para a imersão livre não há o uso de cinto lastro ou nadadeiras. Dessa forma, o nadador deve descer o máximo possível com o apoio de um cabo guia e em apneia. Sendo assim, essa é uma das modalidades consideradas mais naturais do mergulho em apneia.

Além dos esportistas que praticam o mergulho em apneia em diversas modalidades de submersão, outros atletas, como os surfistas e nadadores, costumam treinar técnicas de apneia, já que essas técnicas podem ser úteis durante suas competições.

As diferenças entre mergulho livre e autônomo

Se você não é um praticante do mergulho em apneia ou freedive, provavelmente não consegue ficar por muito tempo embaixo da água. Por isso, existem maneiras de conseguir aproveitar o fundo do mar sem precisar correr os riscos de ficar sem ar por lá.

Com o equipamento utilizado pelos mergulhadores autônomos você pode viver grandes momentos de lazer e contemplar todas as maravilhas do mundo subaquático junto com seus amigos em diversos lugares do mundo.

Agora que você já sabe o que é o mergulho em apneia, que tal fazer o nosso curso com Carol Shrappe?

Partes desse artigo foram retiradas do blog da Evidive.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Telefone: 11 5686-4240
Rua Beltis, 35